Edital aberto para bolsa de estudos na Holanda

Para quem está querendo ir para a Holanda, surgiu uma oportunidade de ouro. A Capes abriu o edital 27/2017 em parceria com a Nuffic Neso para bolsas de estudos na Holanda. Abrangindo várias áreas do conhecimento, ele engloba tanto a graduação como pós graduação.

O objetivo do Programa Capes/NUFFIC é apoiar projetos conjuntos de pesquisa, de forma a favorecer o intercâmbio de estudantes e pesquisadores dos dois países.  O edital visa selecionar até 5 projetos conjuntos de pesquisa. As propostas podem ser das seguintes áreas: Ciências Ambientais, Ciências Agrárias, Ciências Sociais, Ciência da Computação, Medicina, Química e Física.

 

>> Veja as principais bolsas de estudos para a Holanda.

 

Modalidades contempladas:

O edital abrange duas modalidades: missão de trabalho e de estudo.

A missão de trabalho é bem curta, podendo durar de 7 a 20 dias. Os benefícios incluem auxílio-deslocamento (passagem), recursos de custeio, auxílio seguro-saúde e concessão de 7 a 20 diárias por missão/ano de projeto.

 

Já a missão de estudo abrange:

Graduação Sanduíche

Doutorado Sanduíche

Estágio pós-doutoral

Os benefícios incluem mensalidades, auxílio instalação, passagem e auxílio seguro-saúde. Confira a tabela de valores abaixo:

 

Fonte: Edital Capes 27/2017

Fonte: Edital Capes 27/2017

 

O programa de estudos pode durar de 3 a 12 meses dependendo da modalidade e do projeto.

 

>> Confira quanto custa estudar na Holanda

 

Requisitos

O projeto deve ter caráter institucional e ser coordenado por pesquisador brasileiro, nato ou naturalizado, ou estrangeiro com visto de residência permanente no Brasil, com vínculo profissional em Instituição de Ensino Superior (IES).

Para a graduação sanduíche, o candidato deverá ter obtido pelo menos 600 pontos no ENEM (média ponderada de todas as provas, incluindo redação). Além disso, os candidatos selecionados devem ter completado no mínimo 40% e no máximo 80% do currículo do curso, no momento previsto para o início do programa.

Quem já recebeu bolsa de estudos no exterior na mesma modalidade, através de programa ou projeto financiado por agência pública de fomento, infelizmente não pode se candidatar (exceto para o estágio pós-doutoral).

 

Importante!

Esse programa não é de bolsa individual. As bolsas são indicadas pelos cordenadores dos projetos aprovados.

 

Proficiência em inglês

Quanto ao inglês, para a graduação o nível exigido é o B1, que pode ser comprovado através das seguintes provas:

I. TOEFL IBT, validade de 2 (dois) anos: mínimo de 60 pontos;

II. TOEFL ITP, validade de 2 (dois) anos: mínimo de 500 pontos;

III. IELTS, validade de 2 (dois) anos: mínimo total de 5,0, sendo que cada banda (listening, reading, writing e speaking) deve ter nota mínima de 4,5;

IV. Cambridge Exams, sem validade: equivalente a B1.

 

Já para o Doutorado Sanduíche, o nível exigido é o B2.

I. TOEFL IBT, validade de 2 (dois) anos: mínimo de 79 pontos;

II. TOEFL ITP, validade de 2 (dois) anos: mínimo de 550 pontos;

III. IELTS, validade de 2 (dois) anos: mínimo total de 6,5, sendo que cada banda (listening, reading, writing e speaking) deve ter nota mínima de 5,0; e

IV. Cambridge Exams, sem validade: equivalente a B2.

 

bolsa-estudar-holanda

 

As inscrições podem ser feitas até 22 de setembro de 2017. Corre que ainda dá tempo! Os resultados devem sair em março de 2018, e o início dos projetos será em abril.

As inscrições na CAPES são gratuitas e feitas exclusivamente pela internet através do site https://inscricao.capes.gov.br. Para mais informações, consulte o site da Capes e o edital oficial.

Caso você não se qualifique para essa bolsa, não desanime! Fique ligado em outras oportunidades e também dê uma conferida em como estudar e trabalhar na Holanda. Boa sorte!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *